Centro

Lugar dos Afetos: Um espaço de conto de fadas que nos faz viajar em nós mesmos

 

Ultimamente, tenho viajado muito por Portugal, visitado muitos locais incríveis e descoberto tradições maravilhosas. Numa dessas viagens, surgiu a oportunidade de visitar um espaço chamado Lugar dos Afetos, em Aveiro. Quando procurei pelas fotos do lugar fiquei imediatamente encantada pelas casinhas de conto de fadas e pensei que iam ser maravilhosas para fotografar. Depois, pesquisei sobre o que era verdadeiramente este espaço e, simplesmente, não compreendi o conceito. 

“Um turismo por dentro (ligado a sentimentos e emoções) à descoberta não só do que somos, mas também da maneira como podemos ir descobrindo um Caminho para o coração de nós próprios e dos outros”, lia-se no site.

Como assim? Um turismo por dentro? Que conceito extremamente assustador é esse?

Foi durante a visita que me dei conta que poderia ser das experiências turísticas mais enriquecedoras de sempre. Mais do que conhecer novas pessoas, novas tradições, lugares bonitos e ângulos incríveis para as fotos do Instagram, este espaço propõe o autoconhecimento. E o facto de simplesmente pensarmos sobre isso é fascinante. Eu penso muito sobre os locais que visito, leio as suas histórias, vejo as imagens, penso em mil maneiras de os fotografar, penso nas perguntas que quero fazer… Posso passar horas a examinar um local… Mas nem por um momento paro para pensar sobre mim. Bem, claro que penso sobre mim… Penso que tenho fome imensas vezes, penso que queria muito ir ao concerto da Taylor Swift e até penso “no que diabo vou fazer à minha vida”. Mas nunca parei para pensar em mim verdadeiramente, no meu lugar no mundo, naquilo que sou quando não estou a ser influenciada por fatores externos, como o que a sociedade espera de mim ou pelas minhas próprias inseguranças.

Divaguei bonito agora não foi?

Enfim, o espaço é incrível, tem várias áreas temáticas e várias atividades que visam os afetos e emoções. O espaço do Parque das Emoções é o primeiro e único parque de jogos de tabuleiro em Portugal e vale muito a visita.

Leia também

1 Comment

  1. O último fecha a porta says:

    Não conhecia..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.